Quarta, 05 Agosto 2020 18:48

Saiba como foi a Assembleia Geral Ordinária Digital 2020 e confira os resultados das votações. Destaque

O Sicoob Servidores realizou com sucesso, de forma virtual, a Assembleia Geral Ordinária, na última sexta-feira (31) para apresentar os resultados de 2019, dar destinação a sobras, eleger os membros para o Conselho Fiscal, apresentar o Plano de Trabalho de 2020 e deliberar sobre a forma de devolução de capital dos ex-cooperados, seguindo os ritos legais conforme prevê a legislação.

A participação dos associados ocorreu à distância, embasada na Medida Provisória - MPV 931/2020, Instrução Normativa – IN DREI 81/2020 e Lei nº 14.010/2020 em virtude do atual cenário da pandemia da Covid-19 e seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. A Assembleia Geral Ordinária Digital foi transmitida pelo aplicativo Sicoob Moob que é uma ferramenta de engajamento corporativo desenvolvida pelo Sicoob Confederação, que tem Sede em Brasília, é destinada exclusivamente aos cooperados da instituição. O aplicativo reúne diversas funcionalidades úteis e inovadoras, de forma simples e segura.

Com o Sicoob Moob além de assistir a assembleia, o cooperado também fez todas as votações e ao final de cada votação o resultado foi imediatamente divulgado no próprio aplicativo.
Embora realizada de forma online, a AGO DIGITAL seguiu, conforme determina a legislação, o mesmo rito das assembleias presenciais. Observou-se o quórum mínimo para abertura e as apresentações dos itens e as votações, seguiram a ordem do dia conforme o edital. A assembleia foi transmitida para todo o quadro social e as votações abertas somente aos cooperados em condições de votar.

Sob a condução do Presidente da cooperativa, Marcio Gomes, foi inicialmente apresentado um comparativo de 2016 a 2019, dos principais indicadores de performance do Sicoob Servidores. Para apresentar os números, o presidente delegou ao Supervisor da Área de Controles Internos e Conformidade do Sicoob Central Rio, Cristiano Soares, a função da exposição da prestação de contas visando manter toda a transparência das informações. Os ativos totais tiveram um crescimento de 52,72%, fechando o ano em 75,63 milhões de reais. As operações de crédito aumentaram em 77,45%, alcançando 44,86 milhões de reais. Os depósitos a vista tiveram um desempenho positivo de 96,27%, registrando 8,97 milhões de reais e os depósitos a prazo tiveram um crescimento de 48,07%, registrando 28,52 milhões. Seguindo a tendência positiva do período, o patrimônio líquido cresceu 28,30%, chegando a 28,96 milhões de reais, o Capital Social apresentou crescimento de 35,46% fechando 2019 com o saldo de 17,31 milhões de reais. As sobras líquidas à disposição da assembleia cresceram 63,29% fechando em 2019 o montante de 1,05 milhões de reais. A evolução do quadro social também foi positiva teve aumento de 49,88% encerrando 2019 com 3230 associados.

A Confederação Nacional de Auditoria Cooperativa - CNAC, após o processo de auditoria, emitiu opinião de que as demonstrações contábeis apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira do SICOOB SERVIDORES em 31 de dezembro de 2019, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, aplicáveis às instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

O parecer do Conselho Fiscal, tendo examinado o Balanço Patrimonial, a Demonstração do Resultado e Relatório da Auditoria, relativos ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2019 e encontrado tudo em perfeita ordem, recomendou a aprovação pela Assembleia Geral Ordinária.

Apresentada a prestação de contas do exercício de 2019, primeiro ponto da pauta, a matéria foi conduzida para deliberação da assembleia que teve a o registro de 176 votos, sendo 131 votos a favor da prestação de contas, 29 votos contrários e 16 abstenções. Apurada a votação o resultado foi imediatamente publicado no aplicativo Sicoob Moob e está a disposição de todos os cooperados votantes. O Cooperado pode conferir o resultado no seu App Sicoob Moob, conforme segue :

1

Em seguida, de acordo com o segundo ponto da ordem do dia, foi colocada à disposição da Assembleia Geral Ordinária a destinação das sobras líquidas da Cooperativa no montante de R$1.050.039,45. O Conselho de Administração colocou três propostas de destinação do resultado e deixou uma alternativa de votação em “Nenhuma das opções apresentadas”. Foram as propostas: 1 - 100% para o Fundo de Reservas, para fortalecimento do Patrimônio Líquido da Cooperativa, que obteve 97 votos; 2 – 80% para o Fundo de Reservas e 20% para o Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social - FATES, que obteve 43 votos; 50% para Fundo de Reservas e 50% para o FATES, que obteve 32 votos; e 4 – Nenhuma das opções apresentadas, com registro de 30 votos. Foram registradas ainda 5 abstenções, totalizando 207 votos. A opção 1 obteve a maioria dos votos e desse forma o cooperados decidiram pela destinação de 100% das sobras para o Fundo de Reservas. Após a apuração o resultado foi publicado no App Sicoob Moob a disposição de todos os cooperados votantes, e pode ser conferido:

2

O terceiro ponto da pauta foi a eleição para os membros do Conselho Fiscal que terão mandato a posse dos eleitos na A.G.O de 2023. Concorreram a eleição duas chapas.

CHAPA 01 – CooperAção - Integrantes: CONSELHEIROS EFETIVOS: Elizanio Campanha Fiorese – Ministério Público; Fabio Coutinho Barros – Tribunal de Justiça e Gedaias Freire da Costa – CESAN. CONSELHEIROS SUPLENTES: Altacyr de Almeida Pereira – Tribunal de Justiça, Demócrates Frizzera Coelho Júnior – Tribunal de Justiça e Josiane Pires Chagas – Tribunal de Justiça.

CHAPA 02 – RENOVAR – Integrantes: CONSELHEIROS EFETIVOS: Adriana Maria Miranda dos Santos – Tribunal de Justiça, Altamir Rodrigues Xavier Júnior – Tribunal de Justiça, Maria Aparecida Peixoto Concino Azevedo – Tribunal de Justiça. CONSELHEIROS SUPLENTES: Daniel de Souza Correia – Tribunal de Justiça, João Luiz Albanez – Assembleia Legislativa e Soraya Jacome dos Santos Costalonga – Tribunal de Justiça.

Foram registrados 230 votos e 01 abstenção. A Chapa 01 – CooperAção obteve 59,13% dos votos, registrando 136 votos e a Chapa 02 – RENOVAR obteve 40,87 % dos votos, registrando 94 votos. Foi eleita a chapa 01 – CooperAção e após a apuração o resultado foi publicado no App Sicoob Moob a disposição de todos os cooperados votantes, que pode ser conferido:

3

Dando continuidade o Presidente do Sicoob Servidores, passou a apresentação do Plano de Trabalho de 2020, quarto ponto da ordem do dia, e destacou que em virtude do cenário da pandemia e pela atipicidade do ano de 2020, a cooperativa deverá focar basicamente nas seguintes ações: Reforma Estatutária para atualização; Ampliação do atendimento pelos canais digitais e implantação de limites de crédito automáticos.

Cumprindo a ordem do dia, passou ao quinto e último ponto da pauta, para deliberar sobre a devolução de capital de ex-cooperados. A matéria foi colocada em votação. Os cooperados votaram as seguintes opções: Opção 1 - Em até 10 vezes, com parcela mínima de R$ 500,00. (Conforme Assembleia de 2019), que registrou 54 votos e Opção 2 - Em 08 parcelas mensais, que obteve 40 votos. Foram registrados 94 votos no total e após a apuração o resultado foi publicado no App Sicoob Moob a disposição de todos os cooperados votantes, que pode ser conferido: 

4
Após as formalidades do rito da assembleia, o presidente, Marcio Gomes, abriu a palavra para a Analista de Tecnologia da Informação do Sicoob Central Rio, Patrícia Quintão, para explanação sobre a segurança e credibilidade do App Sicoob Moob.

A assembleia contou ainda com a Assessoria Jurídica do Sistema OCB/ES, Dr. Arlan Taufner, do Assessor Jurídico da Cooperativa, Dr. Ricardo Bicalho e também com o acompanhamento do Assessor Contábil e Tributário da Gerência de Desenvolvimento Cooperativista do Sistema OCB/ES, Victor Lima.